ANM pretende fechar sedes estaduais e apenas 11 unidades regionais serão mantidas no país

A Agência Nacional de Mineração (ANM) informou que o órgão passará por alterações estruturais em breve. Em material informativo, foi ressaltado que o atual cenário da agência, no qual é visível o quadro reduzido de colaboradores e a impossibilidade de novos concursos, exige alternativas que apresentem melhorias para a instituição, e que otimizem o processo de gestão nacional.


Dentre as principais mudanças anunciadas está o fechamento de sedes estaduais. De acordo com o órgão, as atuais 25 sedes estaduais da ANM serão transformadas em 11 unidades regionais.


Tais unidades estariam localizadas no Amazonas, Pará, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina. Em Minas Gerais seriam extintos os escritórios de Patos de Minas e Poços de Caldas, e, mantido apenas o escritório de Governador Valadares. Os escritórios de Itaituba (PA) e Criciúma (SC) também seriam mantidos.


Essa alteração da estrutura, de acordo com a agência, permitirá igualar as unidades regionais com a mesma estrutura e os mesmos cargos. Além disso, as alterações também apresentam um funcionamento “transversal”, com processos de trabalho unificados. Tal ação permitiria uma atuação mais eficiente, eficaz e com maiores e melhores resultados internos e externos.

Fonte: https://www.noticiasdemineracao.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s